O vestibular da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) é um dos processos seletivos mais aguardados por estudantes catarinenses e do restante do Brasil. As provas do vestibular da UFSC 2022 serão aplicadas nos dias 29 e 30 de janeiro de forma presencial. Se você pretende ingressar na quarta melhor universidade federal do país, segundo o índice do Ministério da Educação, continue a leitura e saiba como funciona a prova da UFSC.

Estudante sentada em sala de aula fazendo prova do vestibular da UFSC
Prova com questões somatórias é característica do vestibular da UFSC – Foto: iStock/Divulgação/Educa SC

Leia mais: 5 dicas para potencializar a experiência de treineiro

Questões somatórias

O vestibular da UFSC é dividido em dois dias de provas. No primeiro dia, os candidatos testam seus conhecimentos em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira ou Libras (12 questões de proposições múltiplas); Segunda Língua (oito questões de proposições múltiplas); Matemática (dez questões de proposições múltiplas e/ou abertas) e Biologia (dez questões de proposições múltiplas e/ou abertas).

Já no segundo dia, a prova de Ciências Humanas e Sociais e da Natureza conta com 20 questões de proposições múltiplas distribuídas entre as disciplinas de História, Geografia e Filosofia e Sociologia e dez questões de proposições múltiplas e/ou abertas de Física e Química, além da prova de redação.

As questões de proposições múltiplas possuem um formato bastante peculiar, isso porque ao invés de letras, o candidato se depara com números nas alternativas e precisa somar esses números das alternativas que considera corretas para acertar a questão.

A prova de questões somatórias é adotada por outros vestibulares além da UFSC, como o da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e, apesar de parecer complicada, na verdade, é muito simples. Basta ter um pouco de atenção na hora de marcar as respostas no gabarito.

A vantagem deste estilo de prova é que o candidato não perde a questão inteira caso marque uma alternativa incorreta. Há a possibilidade de permanecer com metade da pontuação.

Como funciona a redação da UFSC?

A prova de redação da UFSC é conhecida por abordar diferentes tipos de gêneros textuais. Isso significa que os candidatos podem optar por escrever uma crônica, carta, artigo de opinião ou outro modelo, além da dissertação argumentativa que aparece comumente no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O objetivo da prova é avaliar se o candidato é capaz de compreender o tema proposto e mobilizar recursos linguísticos para desenvolver uma argumentação de acordo com a temática dentro de um espaço de 30 linhas.

Para escrever uma boa redação é preciso mais do que organizar as ideias no papel: citar dados de pesquisa e informações é essencial para construir argumentos fortes para defender o seu ponto de vista.

Além disso, tomar alguns cuidados como não fugir do tema, referenciar corretamente todas as citações, redigir o texto dentro do gênero textual escolhido e não escrever seu nome no espaço destinado para a redação é importante para não zerar a sua prova.

Leituras obrigatórias

Todos os anos, a UFSC disponibiliza uma lista de leituras obrigatórias de livros que irão cair no vestibular. No processo seletivo de 2022, entre as obras cobradas, estão clássicos da literatura brasileira como “Cemitério dos Vivos (Lima Barreto)”; “Crônicas para jovens: de amor e amizade (Clarice Lispector)” e “Ânsia eterna – contos (Júlia Lopes de Almeida)”.

Leia mais: Hábito de leitura: 5 dicas que você precisa saber para conseguir ler

Além da prova de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, o conteúdo das leituras obrigatórias do vestibular da UFSC pode aparecer em enunciados de questões de disciplinas da área do conhecimento de Ciências Humanas como História e Geografia, por isso a leitura dessas obras é indispensável.

Para facilitar o entendimento da obra, a própria UFSC disponibiliza uma série de podcasts que conta a biografia dos autores, contextualiza a história e apresenta as características de cada obra. Os episódios têm duração média de 15 minutos e podem ser ouvidos nas plataformas Spotify, Anchor e Pocket Casts.