A escolha profissional é uma das maiores preocupações dos jovens brasileiros. Além do acúmulo de habilidades, competências e conhecimentos gerais, uma estratégia efetiva para a realização das provas pode ser uma questão determinante para o sucesso. Por conta disso, surgiu um tipo de vestibulando diferente: o treineiro.

treineiro
O treineiro é um aluno que ainda não completou os estudos, mas realiza provas de concursos e vestibulares – Foto: iStock/ Divulgação/ Educa SC

Leia mais: Vestibular: UFSC anuncia provas presenciais em janeiro

O treineiro é o candidato que ainda não concluiu o Ensino Médio e prestará o vestibular apenas como forma de treinar seus conhecimentos. Desta forma, mesmo que atinja uma nota suficiente para se classificar no curso dos sonhos, o resultado não contará oficialmente.

Mesmo que não seja possível se matricular em alguma universidade nesta modalidade, prestar a prova dessa maneira é uma ótima forma de se acostumar com a avaliação e com tudo que a engloba. Assim sendo, o estudante que possui um histórico de “treino” terá algumas vantagens em relação aos concorrentes que não são: tanto no preparo, quanto na realização da prova.

O contato com uma dimensão extraescolar prepara o aluno para a realidade do dia com base na análise de editais, programas e uma série de outras informações relevantes sobre a prova que faz com que o participante amadureça, tendo noção do que esperar no momento que fará a prova oficialmente.

Ainda que eventuais “choques de realidade” causem surpresa em algumas pessoas que julgavam estar mais aptas à disputa de vagas, essa tomada de consciência possibilita a mudança de estratégias de estudo que não estavam dando certo antes.

Além disso, a experiência da prova em si já é muito importante. Uma análise cuidadosa do dia permite ao estudante antecipar assuntos apresentados, assim como direcionar seu tempo para os assuntos mais importantes.

Em um vestibular, o tempo é o recurso mais escasso desde antes da realização da prova. A quantidade vasta de conteúdos faz com que seja praticamente impossível terminar todas as questões em tempo. Desta forma, treinar antes é muito importante para a organização das prioridades no dia da prova.

Separamos algumas dicas que vão ajudar você a se preparar para o dia da prova. Confira!

1. Estipule metas

Fazendo a prova mais de uma vez, a possibilidade de melhorar em cada uma delas é real. Estipulando metas de focalização nos estudos a fim de evoluir em matérias que você não foi tão bem quanto esperava é uma ótima forma de se preparar para o grande dia.

2. Aumente sua capacidade de concentração

Treinar para o vestibular é como praticar um esporte: precisa de muita persistência e prática. Quanto mais provas fizer, mais você vai desenvolver a habilidade de se concentrar da forma que o vestibular exige e por mais tempo.

3. Evite distrações

Aja como se você estivesse fazendo a prova para valer! Organize-se para chegar no horário certo e não se distraia com pensamentos alheios à prova. Faça o seu melhor para atingir o seu objetivo, além de identificar onde precisa focar os estudos e entender o padrão de cobrança dos assuntos.

4. Diagnostique as suas dificuldades

Treinar para o vestibular é importante, porque é uma espécie de diagnóstico constante. Acertar questões é bom, mas errar também, porque é é o erro que leva ao conhecimento. É fazendo as questões que você vai pegar o jeito, adquirir velocidade e melhorar a sua interpretação.

5. Acostume-se com os enunciados

Em qualquer prova de vestibular só é possível resolver uma questão quem consegue interpretar o texto corretamente. Felizmente, diversas provas têm sua linguagem própria que se repete todos os anos. Desta forma, sendo treineiro, você terá a possibilidade de identificar esses padrões e, por consequência, preparar-se para eles.