Escala reduzida, ideias ampliadas. Este é o nome de um projeto que revolucionou a integração de alunos e professores na Escola de Educação Básica (EEB) Gonçalves Dias, em Fraiburgo. Sendo uma das unidades piloto do Novo Ensino Médio no Estado, a instituição fez uma verdadeira colaboração entre várias áreas do conhecimento, em prol do protagonismo de seus estudantes.

novo ensino médio mtm
Com o Novo Ensino Médio, o projeto de Matemática se integrou com outras disciplinas – Foto: EEB Gonçalves Dias/Divulgação/Educa SC

Leia mais: Novo Ensino Médio: veja a experiência de escolas catarinenses com o novo modelo educacional

A ideia de desenvolver o projeto surgiu com o objetivo de construir uma casa modelo para explicar conhecimentos básicos de escala e estrutura elétrica. Mas o resultado final ultrapassou todas as expectativas, tanto na parte estrutural quanto nas percepções de vida e comunidade que os estudantes adquiriram.

Adilson Dalagnol, diretor da escola e em conjunto com os professores da unidade, explicam que conceitos como sustentabilidade e aproveitamento de ambientes pequenos foram alguns dos temas abordados durante a atividade.

“Além disso, o projeto impulsionou pensamentos sobre satisfação de sonhar e trabalhar pela aquisição da casa própria, observação da estrutura dos imóveis disponíveis na nossa cidade e também da sociedade como um todo. Buscou-se desenvolver a leitura da realidade, aprimorando os planejamentos de vida e a realização individual e coletiva dos alunos”, complementa.

Integração fazendo resultado

A atividade teve início, primeiramente, nas disciplinas eletivas de Matemática Aplicada, em que os conceitos presentes na construção civil foram estudados na teoria e na prática. Além disso, na oficina, os estudantes tiveram uma experiência incrível de aprender a utilizar ferramentas básicas, como martelo, trena e serrote – sempre acompanhados de um professor por questões de segurança.

Um dos princípios da escola que ficou muito presente na realização do trabalho – sobretudo com a chegada do Novo Ensino Médio – é a priorização e valorização da participação de cada aluno, desde o responsável por lixar o madeirite até o que organizou o projeto.

Leia mais: Fanfarra transforma a música em um elo entre o passado e o presente, em Timbó

“Foi muito bom perceber nos relatos dos alunos que se sentiam importantes, reconhecidos e valorizados. Inclusive meninas que se viram realizando atividades que são predominantemente desenvolvidas pelo sexo masculino. Outro grupo de estudantes que participou muito foi da Educação Especial, pois as práticas oportunizaram momentos de bastante aprendizado.”, relata o diretor.

Envolvimento com a comunidade

MAQUETES NOVO ENSINO MÉDIO
As estruturas desenvolvidas tiveram inspiração na história da cidade de – Foto: EEB Gonçalves Dias/Divulgação/Educa SC

A interação das disciplinas de Matemática, Física e Educação Física trouxeram uma importância grandiosa para o projeto. Possibilitando um trabalho sem fronteiras, foi permitido o desenvolvimento de um olhar mais abrangente para com o mundo e a construção de saberes necessários para a ampliação da cidadania para além da vivência.

“O ‘Escala Reduzida, Ideias Ampliadas’ só aconteceu pois foi necessário o envolvimento de cada professor, que contribuiu com seu conhecimento, tempo e dedicação ao processo. Isso fez com que o aluno compreendesse, na prática, que não há conhecimentos isolados”, fala.

O projeto também deu a oportunidade de os alunos se aproximarem com a sua comunidade local. Homenageando os 60 anos de Fraiburgo, as casas construídas a partir das plantas baixas são réplicas da prefeitura, praças, pontos turísticos e casas do município. Um verdadeiro resgate histórico cultural.

“Sempre acreditamos que a Ciência tem que ser divertida, para que de fato se torne significativa na vida de cada aluno e foi exatamente o que aconteceu. Nas práticas das aulas se observou o prazer de trabalhar, aprender e querer o resultado de um trabalho coletivo”, conclui.

Leia mais: Simulado de evacuação prepara alunos em situação de incêndio

A experiência do Novo Ensino Médio

A EEB Gonçalves Dias foi uma das escolas escolhidas para ser piloto do Novo Ensino Médio em Santa Catarina. Confira o relato do diretor sobre como a experiência impactou o dia a dia da comunidade escolar.

“Podemos dizer que o Novo Ensino Médio mudou muito a dinâmica da escola, principalmente porque abriu um leque de opções, espaços para integração, interação e momentos para a dinâmica teoria/prática. Acreditamos e apostamos muito no Novo Ensino Médio”, destaca Adilson.