Por que investir na reciclagem? O lixo é um elemento que está presente em todos os momentos da nossa vida, desde a embalagem que jogamos fora até o resto de comida que deixamos no prato. Com os problemas ambientais aumentando ano após ano, medidas sustentáveis são essenciais, tanto para o presente quanto para o futuro.

Reciclagem
A reciclagem consiste em muito mais do que separar corretamente o seu lixo, mas no impacto que essa ação tem na preservação do planeta – Foto: iStock/Divulgação/ m/Educa SC

Nos últimos dez anos, a população mundial cresceu em mais de um bilhão, somando cerca de 7,8 bilhões de habitantes no planeta Terra. Com o aumento dos índices, as constantes crises ambientais e a escassez dos recursos naturais, nunca foi tão importante conscientizar as pessoas sobre a preservação do meio ambiente, sobretudo na questão do lixo.

A educação ambiental é um processo que precisa ser coletivo e contínuo na vida de todos nós, fundamental para a consciência crítica acerca dos problemas que, muitas vezes, contribuímos para existir.

Por conta disso é importante identificar comportamentos que contribuem para o quadro atual de desequilíbrio ambiental e procurar medidas que diminuam os efeitos causados por hábitos não sustentáveis.

Notícias sobre o impacto dos plásticos nos oceanos ou sobre o desmatamento de florestas por conta do papel viraram normais nos telejornais mais famosos. É fato: a quantidade de lixo produzida é um problema mundial há muito tempo.

Alguns materiais demoram milhares de anos para se decompor, ficando no local onde foram descartados por vários séculos. Por conta disso, aprender sobre o seu consumo, uso, reaproveitamento e descarte adequado é essencial para construir uma sociedade melhor para o amanhã.

O que é reciclagem?

A reciclagem é o processo de reaproveitamento do lixo descartado, dando origem a um novo produto ou matéria prima. O seu objetivo é reduzir a produção de rejeitos e, principalmente, o seu acúmulo na natureza. Apesar de não ser a única medida de diminuição do lixo produzido, a reciclagem possui um papel importante no meio ambiente, na sociedade e na economia.

A primeira etapa para a realização do processo de reciclagem é a coleta seletiva, ou seja, a separação do lixo por material. Nesta parte, o seu papel é de extrema importância porque, além de ter que destinar o lixo da maneira correta, você precisa lavar os seus resíduos recicláveis. Materiais sujos, por mais que tenham propriedades para serem reciclados, não são reutilizados.

Estima-se que o Brasil produz mais de 80 milhões de toneladas de lixo por ano. Isso quer dizer que cada indivíduo produz, em média, 380,1kg de resíduos a cada 12 meses. Com estes números, o país fica atrás apenas dos Estados Unidos, China e Índia na escala de produção de lixo no mundo.

Apesar de serem dados alarmantes e que nos colocam para refletir sobre tudo o que consumimos e a maneira que as descartamos, existe outro dado importante: calcula-se que 45% de todos 80 milhões de toneladas de resíduos poderiam ser reciclados. Porém apenas 3% deste total é efetivamente reciclado.

Leia mais: Estudo na prática: 4 cidades do Oeste catarinense para aprender sobre Alemanha, Itália e Áustria

Os 3R´s

RECICLAR
Os 3R’s são Reduzir, Reutilizar e Reciclar – Foto: iStock/ Divulgação/ Educa SC

Você já ouviu falar nos 3R’s da sustentabilidade? Reduzir, Reutilizar e Reciclar são um conjunto de práticas que devem ser usadas nesta ordem de importância. Elas tem o objetivo de minimizar o impacto ambiental causado pelo desperdício de materiais que vêm de recursos naturais. Além de economizar a natureza da extração de matéria-prima.

Reciclagem e Sustentabilidade

A palavra “sustentabilidade” está em alta ultimamente. Em quase todos os assuntos possíveis, lá está ela. Contudo, muitas pessoas não compreendem a ligação que existe entre ela e o processo de reciclagem.

A sustentabilidade propõe preservar a natureza e as necessidades humanas. O conceito é dividido em três pilares principais:

  • Social: condições de vida, saúde, lazer, educação, violência, etc.
  • Ambiental: recursos naturais e a forma como são utilizados pela sociedade, empresas e comunidades.
  • Econômico: produção, distribuição e consumo de serviços.

Entendendo isso, é possível enxergar que o processo de reciclagem passa por todos estes pilares. Reciclando você melhora a condição de vida da população, permite que a natureza se cure de anos de extração descontrolada e, ainda por cima, aquece a economia com as cooperativas de reciclagem e de catadores.

O que posso reciclar?

  • Plásticos: garrafas de refrigerante e suco, escovas de dente, sacola de supermercado, potes de xampu, brinquedos, tubos, canos e embalagem de produto de limpeza, etc.
  • Alumínio: latas de cerveja, refrigerante e alimentos em conserva. Algumas latas são feitas de outros materiais, por isso, é importante checar na embalagem se ela é realmente reciclável;
  • Papel e papelão que não estejam sujos e engordurados;
  • Vidro.
  • Materiais como pilhas, pneus, eletrônicos, etc; possuem locais específicos para a sua destinação, pesquise onde se encontram em sua cidade.