A escola deve ser um ambiente de descobertas onde o estudante tem o poder de decidir sobre qual caminho seguir após finalizar os estudos. Essa é a proposta do Novo Ensino Médio, modelo estabelecido pela Lei nº 13.415, sancionada em 2017.

Estudante Nely Ribeiro Morales, 16, da segunda série do Novo Ensino Médio da EEB Celso Ramos, de Joaçaba, vestindo jaleco, luvas e máscara, e segurando dois recipientes com álcool em gel produzidos pela turma no laboratório de ciências da natureza da instituição de ensino
Estudante Nely Ribeiro Morales exibe álcool em gel produzido em sua primeira experiência no Laboratório de Ciências da Natureza da EEB Celso Ramos, de Joaçaba – Foto: Acervo pessoal/Divulgação/Educa SC

Leia mais: Novo Ensino Médio: vantagens e desafios de uma escola piloto

Em Joaçaba, no Meio-Oeste do Estado, alunos da segunda série do Novo Ensino Médio da Escola de Educação Básica (EEB) Celso Ramos, produziram álcool em gel no laboratório de ciências da natureza da instituição. Atividade além de introduzir os jovens às áreas de pesquisa e iniciação científica, proporcionou aos alunos a oportunidade de serem protagonistas no combate à Covid-19 no município.

A atividade só foi possível porque a unidade de ensino, uma das 120 escolas piloto do Novo Ensino Médio, conta um laboratório equipado. De acordo com Regina De Bastiani, assessora de direção da EEB Celso Ramos, a unidade escolar recebeu os equipamentos para o laboratório de ciências da Natureza em 2020, mas devido a pandemia de Covid-19 não foi possível colocá-lo em uso.

A partir de 2021, com o retorno das aulas presenciais, a professora orientadora de laboratório Francielli Mello Ferri, propôs o desenvolvimento de atividades extraclasse no contra turno escolar aos alunos do Novo Ensino Médio com o objetivo de instigar a investigação e a experimentação científica. Um grupo de alunos aceitou o desafio e o resultado foi um sucesso.

Leia mais: Aprendizagem na prática estimula o empoderamento dos estudantes

Álcool em gel produzido pelos estudantes da segunda série do Novo Ensino Médio no Laboratório de Ciências da Natureza da EEB Celso Ramos foi distribuído para alunos e professores da escola
Álcool em gel produzido pelos estudantes da segunda série do Novo Ensino Médio no Laboratório de Ciências da Natureza da EEB Celso Ramos foi distribuído para alunos e professores da escola – Foto: EEB Celso Ramos/Divulgação/Educa SC

“A experiência foi fantástica! Em um laboratório nunca sabemos se a experiência vai dar certo, então eu estava apreensiva, pois nunca tinha feito o álcool, mas no final deu tudo certo! Os alunos demonstraram muita seriedade e comprometimento neste desafio e consegui passar um pouquinho do conhecimento e prática que tenho no laboratório”, conta a professora Francielli.

Segundo a educadora, com este desafio os estudantes aprenderam a pesquisar e encontrar a causa para determinados fenômenos além do cuidado e manuseio de equipamentos do laboratório e uso de reagentes. O álcool produzido no Laboratório de Ciências da Natureza foi distribuído para toda a escola. Os alunos produziram também amostras com fragrâncias para deixar o produto mais agradável.

Leia mais: Alunos constroem maquetes iluminadas na aula de física, em Vidal Ramos

A estudante Nely Ribeiro Morales, 16, da segunda série do Novo Ensino Médio da EEB Celso Ramos, conta que nunca imaginou que participaria de uma experiência que ajudaria tanto a comunidade. A adolescente nunca havia tido a oportunidade de frequentar um laboratório antes e essa foi a primeira vez.

“Foi uma experiência muito legal que não só nos ajudou com a pandemia mas também me ajudou a trabalhar em equipe, ter paciência, saber esperar e tentar quantas vezes for preciso. O álcool em gel que nós produzimos foi apenas para o nosso uso na escola, mas eu sabia que estaria ajudando na segurança dos meus amigos e professores. Mantendo meus colegas seguros iria fazer com que a família de cada um estivesse segura também”, destaca a estudante.