A superação e a disciplina são palavras conhecidas pelos atletas catarinenses, especialmente por quem está em busca do melhor tempo, aprimorando a própria marca e mantendo vivo o desejo de ser campeão.

Leia mais: Mulheres nos esportes radicais: estudante de SC vence campeonato de Downhill

Lays é uma das atletas catarinenses de destaque
Lays Cristina Rodrigues Silva é uma das atletas catarinenses de destaque – Foto: Wagner Carmo/ CBAt

Por mais que o esporte desperte o interesse das crianças, nem todos seguem a carreira durante a adolescência e a fase adulta. Mas os catarinenses não podem reclamar, já que os atletas esportivos do Estado estão ganhando medalhas e notoriedade.

Atletismo, taekwondo e futsal são alguns dos esportes praticados, colocando em destaque aqueles que já representam ou que desejam representar o país em diversas modalidades, provando que o talento brasileiro vai além das quatro linhas.

A atleta Lays Cristina Rodrigues Silva, 17, estudante da Escola de Educação Básica (EEB) Bailarina Liselott Trinks, em Joinville, é a comprovação de que a habilidade brasileira vai além do futebol. Os primeiros passos na pista de corrida foram aos 11 anos, em 2016, e o fascínio surgiu de forma inesperada.

“No ano das Olimpíadas do Rio, a escola organizou uma competição interna e eu amei participar do atletismo. Depois daquele dia assisti as olimpíadas na TV e surgiu a paixão, então fui atrás de um lugar para treinar”, conta Lays.

Campeã do Campeonato Brasileiro Sub-20 e recordista no Atletismo Gymnasiade, com o tempo de 13’’36s nos 100 metros com barreiras, trazer mais uma medalha para casa foi um processo desafiador. “Passei alguns meses cuidando do corpo, indo na fisioterapia, cuidando da alimentação e principalmente focando nos treinos”, relata a atleta.

Agora o foco e a expectativa estão no Campeonato Mundial U20. “Meu objetivo é melhorar a minha marca pessoal, a colocação eu vejo como consequência”, menciona a corredora.

O taekwondo também está ganhando adeptos, incluindo o jovem Lucas Heerdt Silveira, 15, estudante da Escola de Educação Básica (EEB) Governador Ivo Silveira, em Palhoça. Os treinos de taekwondo marcial começaram em 2018, mas o preparo profissional teve início em 2020.

“Adorei o esporte desde os primeiros treinos e tive vontade de treinar para as competições, o que me fez gostar ainda mais da preparação, da luta, de me superar e buscar sempre ser melhor”, afirma o adolescente.

A última conquista foi no Campeonato Catarinense de Taekwondo, com medalha nas categorias Poomsae e Kyorugui. “Nunca imaginei que estaria competindo ao mesmo tempo nas duas divisões. Foi a primeira vez que participo e a primeira vez que ganho”, complementa um dos atletas catarinenses.

Os talentos também marcam presença nas quadras, seguindo os mesmos passos do João Vitor Cabral, 17, aluno da Escola de Educação Básica (EEB) Almirante Boiteux, em Araquari. Praticante desde os cinco anos, o amor está no sangue. “Minha família sempre gostou de esportes e meu irmão era jogador de futsal, foi assim que surgiu a minha paixão”, menciona o jogador.

Competindo desde os 11anos, uma das recompensas foi a conquista dos Jogos Sul-Americano da Juventude. “Pela seleção brasileira foi meu primeiro título. Foi uma sensação única, pois sempre sonhei em defender nosso país”, declara o jogador do Jec Krona.

Para compor a turma dos atletas catarinenses, Iriel Silva Dos Santos, 17, que também estuda na EEB Almirante Boiteux, escolheu o futsal para mostrar o talento e buscar uma carreira. “Minha paixão começou vendo meu tio jogar. Atualmente jogo no Jec Krona e sinto uma sensação inesquecível em cada conquista de campeonato.”

Outros atletas catarinenses de destaque

Ticiane da Silva Alves é uma das atletas catarinenses
Ticiane da Silva Alves também é uma das atletas catarinenses – Foto: Ticiane da Silva Alves

Letícia Radja, Ticiane da Silva Alves, Guilherme Hauss, Alessandro Trentini e Edcarlos Silva são outros atletas catarinenses que estudam na mesma escola, todos com uma atração em comum: o futsal.

Além das competições na quadra, as irmãs Letícia e Ticiane, jogadoras do Jec Audax e Joinville Esporte Clube, ainda disputam as competições no futebol de campo, futebol society e beach soccer, um exemplo de talento em todas as modalidades.