Os museus exercem um papel fundamental na educação de crianças e adolescentes. O contato com itens e documentos que pertenceu a um determinado povo ou período histórico facilitam a compreensão das mudanças sociais e culturais que ocorrem ao longo do tempo. Nesse sentido, levar os alunos ao museu pode ser uma excelente experiência para potencializar a aprendizagem.

Professor ensinando alunos em museu
Museus são essenciais para a educação – Foto: iStock/Divulgação/Educa SC

Leia mais: Violência contra mulher: escola pode contribuir na conscientização de alunos

No entanto, por conta da pandemia da Covid-19, visitar museus se tornou uma atividade arriscada. Por sorte, há tecnologias que podem encurtar distâncias e trazer o conhecimento até a sala de aula. Confira sete museus que oferecem um tour virtual para fazer um passeio online com os alunos e aproximar o ensino da prática.

1. Museu de Arte de São Paulo (MASP)

Museu de Arte de São Paulo avistado do lado de fora
Museu de Arte de São Paulo é o mais importante do país – Foto: iStock/Divulgação/Educa SC

O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP), considerado uma das mais importantes instituições culturais do Brasil, é parceiro do Google Arts & Culture, plataforma que utiliza a tecnologia do Street View e oferece visitas virtuais gratuitas a algumas das maiores galerias de arte do mundo.

Entre as obras disponíveis no acervo do Masp é possível observar pinturas de Modigliani, Van Gogh, Di Cavalcantti e do artista plástico brasileiro Candido Portinari, famoso pelo trabalho feito em “Retirantes”, pintura de 1944 que retrata as mazelas vividas por migrantes nordestinos que precisam deixar seu local de origem em busca de melhores condições de vida em outras partes do país.

2. Museu do Amanhã (Rio de Janeiro)

Museu do Amanhã, na zona portuária do Rio de Janeiro
Obras de arte disponíveis no acervo do Museu do Amanhã no Rio de Janeiro aborda temas ligados ao futuro, como a sustentabilidade – Foto: iStock/Divulgação/Educa SC

O Museu do Amanhã, erguido ao lado da Praça Mauá, na zona portuária do Rio de Janeiro, é um museu de ciências aplicadas que explora os desafios que a humanidade terá de enfrentar nas próximas décadas.

Percorrer os corredores do Museu do Amanhã em uma visita online pode ser uma ótima experiência para introduzir o tema sustentabilidade e debater questões sustentáveis com os alunos. O Museu também possui uma parceria com o Google Arts & Culture.

3. Pinacoteca de São Paulo

Fachada da Pinacoteca do Estado de São Paulo
Pinacoteca de São Paulo é um dos maiores museus de arte do país, destaque são artistas nacionais como Candido Portinari e Anita Malfatti – Foto: iStock/Divulgação/Educa SC

Um dos museus de arte mais importantes do país, a Pinacoteca do Estado de São Paulo, localizada no antigo Liceu de Artes e Ofícios, projetado no final do século 19, oferece um tour virtual por suas galerias que juntas somam mais de nove mil obras de arte.

O destaque é a coleção de artistas nacionais como Candido Portinari, Benedito Calixto, Pedro Alexandrino, Victor Meirelles, Eliseu Visconti, José Ferraz de Almeida Junior e Anita Malfatti.

Você pode levar sua turma de estudantes para conhecer o acervo do museu em uma visita virtual disponível no próprio site da Pinacoteca ou através da plataforma Google Arts & Culture.

4. Museu da Escola Catarinense (Florianópolis)

O Museu da Escola Catarinense (MESC), localizado no Centro Histórico de Florianópolis, foi criado em novembro de 1992, junto ao Centro de Ciências da Educação da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Antigamente, no local funcionava a Escola Normal Catarinense, construída nos últimos anos do século 19 e inaugurada em 1926. Na década de 1990, o museu foi criado com o objetivo de preservar a memória cultural escolar do estado e servir como apoio à pesquisa científica.

O tour virtual pelo museu está disponível no site e é uma ótima ideia para trabalhar com os alunos a história da educação em Santa Catarina.

5. Louvre (Paris)

Museu do Louvre, em Paris, França
Museu do Louvre, em Paris, na França, possui mais 480 mil obras de arte e oferece uma visita virtual através da plataforma Google Arts & Culture – Foto: iStock/Divulgação/Educa SC

O museu mais famoso do mundo, o Louvre, localizado em Paris, na França, tem seu acervo completo disponível gratuitamente no site. Entre as mais de 480 mil obras catalogadas no museu, a Mona Lisa (ou La Gioconda), pintura feita pelo artista renascentista italiano, Leonardo da Vinci, merece destaca.

Fazer um passeio online pelas salas de exibição e galerias do Louvre pode ser uma ótima oportunidade de admirar a arquitetura do lugar e lecionar sobre o período artístico chamado de Renascença para os alunos.

6. Casa de Anne Frank (Amsterdã)

Fachada da casa onde viveu Anne Frank
Casa onde viveu Anne Frank, vítima do Holocausto, virou museu e oferece visita virtual pela plataforma Google Arts & Culture – Foto: iStock/Divulgação/Educa SC

A Casa de Anne Frank, onde viveu a menina judia conhecida mundialmente por denunciar em seu diário os horrores cometidos pelos nazistas contra os judeus durante a Segunda Guerra Mundial, é atualmente um museu biográfico localizado na cidade de Amsterdã, capital dos Países Baixos.

Através da plataforma Google Arts & Culture, você pode levar seus alunos para ter uma experiência digital incrível e riquíssima em matéria de história e cultura que ajudarão os estudantes a compreender melhor os acontecimentos ocorridos na primeira metade do século 20.

7. La Casa Azul – Museu Frida Kahlo (Cidade do México)

Casa Azul onde viveu Frida Kahlo
La Casa Azul, onde viveu a pintora mexicana, Frida Kahlo, possui tour virtual – Foto: iStock/Divulgação/Educa SC

O Museu Frida Kahlo, ou também conhecido como Casa Azul, nome que remete às cores das paredes da construção onde viveu a pintora mexicana conhecida por seus autorretratos surrealistas, permite que os internautas se transportem para o local onde a artista viveu e pintou a maior parte de seus quadros. No site, você pode proporcionar aos seus alunos uma experiência fantástica e didática.