A rotina de estudos está pesada com a aproximação dos vestibulares de verão, certo? No final do ano é comum que os conteúdos de todas as matérias se sobreponham nas revisões e que a sobrecarga física e emocional tirem a oportunidade de relaxar.

Relaxar
Relaxar antes das provas de vestibulares é muito importante para a absorção de conhecimentos – Foto: iStock/ Divulgação/Educa SC

Neste momento, apesar de parecer uma tarefa impossível, é importante separar um tempo para relaxar e desacelerar o ritmo. A pressão, querendo ou não, faz parte do dia a dia de todo mundo, mas o estresse e a ansiedade não precisam fazer.

Leia mais: 10 filmes para estudar História

Até porque o cérebro precisa de instantes de calma para conseguir assimilar tudo o que ocorreu durante o período de estudos e absorver as partes importantes da melhor forma possível.

Infelizmente, questões de saúde mental como depressão, ansiedade, fobia social e bipolaridade são uma crescente entre os jovens do Brasil. Desta forma, cuidar da sua mente, para além das notas e aprovações em provas, é essencial a longo prazo.

Quando não estamos bem mentalmente, outras áreas da vida são afetadas, tanto em relacionamentos com outras pessoas quanto no desempenho em tarefas que exigem concentração. Logo, tomar conta da saúde mental é tão importante quanto cuidar da saúde física.

Pensando em todos esses fatores, separamos sete recursos midiáticos que vão te ajudar neste processo de autocuidado e relaxamento. Confira!

1. Headspace: meditação guiada

Headspace é um conjunto de séries da Netflix que mistura documentário e animação enquanto explora os fundamentos da meditação, sono, relaxamento e seus efeitos no dia a dia. Os episódios mostram várias técnicas do chamado mindfullness e maneiras de melhorar a rotina acerca do estresse, sono, relaxamento, desapego e concentração. Uma ótima opção para as noites após os estudos.

2. Sobre a vida

O psicólogo e escritor Frederico Mattos possui um canal no YouTube para discutir de forma leve e divertida temas ligados à psicologia, mente humana, personalidade e assuntos relacionados à vida cotidiana.

O projeto se aprofunda em dicas práticas para melhorar a autopercepção e relacionamentos estudantis, profissionais, famílias e amorosos. O canal possui mais de 220 mil inscritos.

3. Sweet Carol

A brasileira Mariana Caroline virou febre no YouTube com seus vídeos de Asmr, conquistando uma comunidade de mais de dois milhões de inscritos. O ASMR consiste em sons, quase como sussurros, que alimentam uma parte do cérebro com calma e relaxamento. O canal de Carol é uma ótima opção para pessoas que estão tendo problemas com insônia e alta agitação.

4. Querida Ansiedade

Idealizado pela psicóloga Camila Wolf, o canal Querida Ansiedade oferece dicas de como lidar e conviver com a ansiedade de uma forma mais saudável, sobretudo na adolescência. Além disso, o canal possui um aplicativo, de mesmo nome, com meditações e exercícios de escrita terapêutica.

5. Entrementes

Para quem curte podcasts, o Entrementes é a opção perfeita para se aventurar no mundo da saúde mental. Ele faz parte do portal do médico Drauzio Varella e traz questões psiquiátricas de forma leve e esclarecedora, além de dicas de como viver com elas da melhor maneira possível.

6. Drauzio Varella

Já que mencionamos ele acima, o canal no YouTube do médico é considerado o maior canal de saúde do Brasil, com mais de trÊs milhões de inscritos. Nele são abordados assuntos relacionados à saúde física e doenças que impactam a saúde mental, como anorexia, transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH), obesidade, ansiedade, depressão etc.

Apesar de ser um portal bastante científico, é muito importante para estudantes que ainda não compreendem com o que estão lidando mentalmente, podendo ser o primeiro passo para a busca de ajuda médica.

7. Mova

Apresentado pela Monja Coen, o conteúdo vai muito além do budismo. Ela traz tópicos muito importantes com o objetivo de causar uma mudança interior, trabalhando o autoconhecimento e a reação positiva a situações adversas.

Rede de apoio

Se, em algum momento, você sentir que precisa de apoio emocional pode entrar em contato com o Centro de Valorização à Vida (CVV) e conversar com um voluntário treinado de maneira anônima e sigilosa. As ligações são gratuitas e 24 horas. Os canais de comunicação são os seguintes: