O Natal chegou! Quem diria? Depois de um ano cheio de surpresas e desafios superados, o dia 25 veio mais rápido do que o imaginado. Se você é brasileiro, provavelmente comemora o Natal com a família, trocando presentes e comendo aquela ceia maravilhosa. E no mundo, como esta tradição é comemorada?

Natal
O Natal é uma das épocas mais aguardadas do ano pelas famílias brasileiras – Foto: iStock/Divulgação/Educa SC

Leia mais: Ilha da Magia: as lendas e as bruxas de Florianópolis

A verdade é que em outros países a comemoração do dia do Papai Noel é muito diferente dessa que costumamos celebrar no Brasil, seja pelo clima ou pelas tradições. Confira como o Natal é celebrado em cinco locais do mundo!

1. Natal na Bolívia

No país vizinho do Brasil, o espírito natalino é muito presente, mas um pouco diferente daqui. Assim como os brasileiros, os bolivianos iniciam a celebração no dia 24 de dezembro com a família. Além disso, a tradição é assistir a Missa do Galo com oferendas, principalmente com a figura do Menino Jesus.

Ainda no dia 24, o prato típico consumido pelos bolivianos é a “picana”, uma sopa feita com carne de frango, carne de boi e cordeiro, acompanhada por batatas, mandioca e outros legumes.

As celebrações seguem para o mês de janeiro, encerrando-se apenas no dia 6. A data é chamada “La Epifania”, dia em que as crianças e jovens recebem presentes entregues pelos Três Reis Magos em sapatos deixados do lado de fora da porta.

2. Natal na Islândia

O clima da Islândia é bem aquele estereótipo do natal branquinho. Nesta época do ano, as temperaturas podem chegar a -30ºC com muita neve. Como se o frio não fosse suficiente, ventos fortíssimos que quase chegam a velocidade de um furacão são vivenciados.

Leia mais: Conscientização ambiental: aprender sobre reciclagem nas férias

Mas mesmo com todos estes “empecilhos”, o país tem uma tradição muito bonita e culta nas celebrações do Natal: depois da ceia, ao invés de trocar presentes, eles trocam livros! Mais ou menos 70% dos livros lançados na Islândia são vendidos nos últimos três meses do ano

3. Natal na Espanha

A Espanha tem uma das tradições mais bizarras quando o assunto é Natal. Em algumas cidades da Catalunha, o Caga Tió – Tronco Cagão, na tradução aproximada para o Português – faz parte da vida das famílias.

A celebração consiste em pegar um tronco de árvore oco e enchê-lo com doces durante todo o mês de dezembro. No dia 25, o tronco deve ser espancado com pedaços de pau para que ele devolva o que “comeu”.

É uma das práticas que as crianças mais esperam por conta dos doces que ganham posteriormente. Diferente, né?

4. Natal no Japão

Leia mais: Saiba como vivem as comunidades remanescentes quilombolas em SC

A festividade não tem tanta importância no Japão por ser uma tradição católica ocidental, mas mesmo assim a data não passa em branco por lá. Muito diferente das comemorações brasileiras, o Natal no país é quase como um Dia dos Namorados.

Casais se encontram para trocar presentes e cartinhas de amor. Passeiam pelas ruas enfeitadas até chegarem em restaurantes iluminados com luzinhas para um jantar romântico.

Curiosamente, muitos japoneses costumam fazer a ceia de Natal na rede de fast-food KFC, que é super popular por lá. Algumas lojas também vendem bolo de morango com chantilly, que é conhecido por lá como “Bolo de Natal”.

5. Natal na França

A França tem uma celebração natalina bem parecida com a nossa, com uma tradição forte no feriado, mas existem algumas diferenças. A ceia do dia 24 é chamada de “reveillon” e é uma refeição muito demorada, podendo levar mais de seis horas. Além disso, em algumas regiões, a ceia precisa ter 13 sobremesas diferentes para representar Jesus e os 12 apóstolos.

Eles também possuem o costume de deixar os sapatos perto do fogo com a intenção de que o Papai Noel encha de presentes. Um fato curioso é que o país possui uma lei de 1962 que obriga que todas as cartas endereçadas ao Papai Noel sejam respondidas com um cartão postal.