A oficina de arte proposta pela Escola de Educação Básica (EEB) Prefeito Luiz Carlos Luiz, de Garopaba, em parceria com a Associação Guarapuvu, vêm colhendo os frutos do projeto. Com aulas de cerâmica, pintura e teatro, o projeto contribui para o desenvolvimento dos alunos.

Leia mais: Alunos aprendem sobre práticas sustentáveis em visita pedagógica

Além de melhorar as habilidades, as pinturas também desenvolvem a criatividade dos alunos – Foto: Vanessa Elias

A assessora de direção e coordenadora pedagógica, Vanessa Elias, explica que essa metodologia é necessária no mundo de hoje. “Eu vejo a arte como um portal para um mundo melhor, a arte não só nos proporciona técnicas que ajudam a desenvolver dons que a gente nem sabia que tinha, mas também nos proporciona calma que temos que ter na hora de moldar e a emoção de ver até onde a gente consegue chegar.”, declara a coordenadora.

Para os alunos, essa experiência também tem sido satisfatória. Manuela Grosser faz parte da oficina de modelagem em argila e cerâmica e teve seu primeiro contato com a prática durante o curso.

Já nas aulas de pintura, a aluna Maria Antonella de Souza era familiarizada com a área e gostava de praticar, mas conseguiu desenvolver suas habilidades no curso. “Com a ajuda do professor acabei aprendendo novas técnicas e ganhei um pouco mais de confiança para tentar coisas novas”, conta Maria.

Confira algumas peças de cerâmica e de pintura feitas durante a oficina:

As aulas de cerâmica, que atendem 15 alunos, e de pintura, com 10 participantes, são oferecidas durante o semestre, e uma nova turma irá abrir em agosto. A oficina de arte se alinha com as propostas do Novo Ensino Médio, focado na formação de indivíduos capazes de desenvolver competências que vão além da sala de aula.

Na parceria entre escola e associação, a unidade oferece o espaço e os participantes. Os materiais e a equipe pedagógica são responsabilidade da organização.