Você já pensou no que é possível criar com os materiais que são descartados? Como reutilizar aquilo que tem como destino o lixo? Para compreender o consumo na sociedade atual, os alunos da Escola de Ensino Básico (EEB) Dom Felício César da Cunha Vasconcelos, de Irani, pensaram em modelos de moda sustentável.

Alunos criam peças com itens descartáveis e incentivam a moda sustentável
Alunos posam para a foto junto com a design de moda Bianca Antoniolli; os looks são ideia de moda sustentável – foto: Maristela Aires Pinto

A ideia surgiu para colocar em prática as questões expostas nos livros, incluindo a relação do homem com o comércio. Com jornais, lacres, tampinhas, copos e tecidos reciclados, os estudantes da primeira série do Ensino Médio criaram peças de roupas e acessórios, compreendendo como os itens descartáveis podem ser incluídos no dia a dia.

O objetivo da atividade é entender a origem e o desenvolvimento da sociedade do consumo, compreendendo como as práticas de compra podem impactar no mundo e a relação dos meios de comunicação na fabricação em cadeia, fatores que deixam de lado a moda sustentável.

De acordo com a professora Itamara Cagliari de Lima e a assessora da escola Maristela Aires Pinto, a turma se dedicou na produção. “O resultado foi extraordinário, eles não acreditaram que iria dar certo. Todos se surpreenderam com a capacidade e com a criatividade de cada um”, destacam as profissionais.

Debater o papel da indústria cultural, do consumo de massa, os impactos econômicos e sociais são algumas das discussões que nortearam a tarefa, desde a roda de conversa até o desfile com as peças.

Os estudantes também compreenderam o papel dos órgãos públicos e de cada indivíduo na construção de uma população consumista, entenderam os fatores das produções excessivas e como o modelo pode prejudicar o meio ambiente.

As professoras Cleide Moraes Veruck, Itamara Cagliari de Lima e Adriane Cavasin Ferreira estiveram à frente do projeto que criou opções de moda sustentável. A design de moda Bianca Antoniolli participou de um bate-papo com os alunos.

A importância da moda sustentável

Se você nunca parou para pensar nos impactos da moda e como a indústria é responsável por afetar o funcionamento do meio ambiente, o momento é propício para aprender com alguns números do mercado.

Por trás das araras e vitrines recheadas de novidades, sem nenhum item que coloque em evidência a moda sustentável, as fábricas são responsáveis por emitir entre 8% e 10% do gás carbônico que é lançado na atmosfera.

Além da poluição no ar, a água também é um dos recursos mais utilizados na produção, já que 20% do esgoto corresponde ao uso da indústria, conforme informações da Organização das Nações Unidas (ONU).

Incentivar a moda sustentável é o caminho para contribuir com a sustentabilidade e o consumo consciente – seja das roupas ou dos recursos naturais.