O fim do ano está chegando e com ele o momento que muitos estudantes aguardam: a hora de prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e se inscreverem em uma faculdade. Faltando um mês para as provas, veja cinco dicas sobre como se preparar nessa reta final para alcançar uma boa nota e conseguir aquela vaga na universidade dos sonhos.

Estudante preenchendo gabarito do Enem
Em ritmo de reta final, dicas ajudam estudantes a se preparar para as provas do Enem – Foto: iStock/Divulgação/Educa SC

1. Revise os conteúdos

Não conseguiu estudar todos os conteúdos? Deixe essa ideia de lado, faltando apenas um mês para o início das provas não há tempo suficiente para se aprofundar nos assuntos, porém não precisa ficar preocupado, você ainda tem muitas chances de ir bem no exame.

Agora é hora de rever os conteúdos que você já estudou durante o ano. Uma dica importante é focar nos assuntos que você já sabe, pois o Enem possui questões com níveis de dificuldade distintas e utiliza uma metodologia de avaliação específica para eliminar chutes.

Isso significa que se você acertar as questões mais difíceis e errar as mais fáceis sua nota poderá não ser tão boa quanto a de um candidato que acertar as questões mais fáceis e errar as mais difíceis. Você pode fazer simulados e resolver questões de edições anteriores para revisar os conteúdos e arrasar na hora da prova.

2. Mantenha o equilíbrio

O Enem é um exame extenso que abrange quatro áreas do conhecimento, em que cada uma delas conta com 45 questões objetivas, veja quais são:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia);
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Química, Física e Biologia);
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira – Inglês ou Espanhol, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação);
  • Matemática e suas Tecnologias (Matemática).

Ao todo, são 180 questões que o estudante deve responder, além da redação. Quem almeja uma pontuação alta precisa revisar os conteúdos de todas as áreas do conhecimento, ao invés de focar somente em uma.

3. Cuide da saúde mental

Além dos conhecimentos, o Enem testa também a resistência dos candidatos. Por conta disso, para ir bem no exame, além dos estudos em dia, o aluno precisa também estar com a mente relaxada, por isso alguns cuidados com a saúde mental são necessários.

Dormir bem é um deles. Se você costuma ficar acordado até tarde, mesmo que seja estudando, saiba que este hábito não é saudável. Pesquisa mostram que o sono é imprescindível para o processo de aprendizagem. Dormir poucas horas pode causar perda de memória e atrapalhar a sua concentração.

Além disso, fazer uma pausa entre os estudos também é necessário para manter o cérebro descansado e saudável. Tire um tempo para um momento de descontração e relaxamento. Que tal fazer um chá ou assistir a um episódio daquela série que você está pensando em maratonar? Tome um banho quente, leia um livro e tente relaxar, assim sua mente estará tranquila na hora da prova.

4. Organize sua rotina

Como você já viu, manter a mente relaxada é imprescindível para obter um bom rendimento no Enem, por isso é de extrema importância tomar alguns cuidados antes da prova para evitar estresses e atrasos.

Para poder fazer a prova, os candidatos precisam ter em mãos:

  • Documento de identidade com foto;
  • Caneta preta feita de material transparente;
  • Comprovante de inscrição;
  • Máscara facial;
  • Declaração de comparecimento impressa, caso o candidato precise justificar ausência no trabalho.

Todos esses itens são obrigatórios, você não pode esquecê-los de jeito nenhum, caso contrário não poderá realizar o exame. Uma dica de ouro para esquivar-se desse tipo de situação é separar tudo o que você precisa levar no dia anterior. Assim não há risco de esquecimentos.

Além disso, você se dedicou o ano todo e não quer chegar atrasado, portanto, se você não conhece o seu local de prova, pesquise rotas, horários de transportes coletivos e saia de casa com, no mínimo, uma hora de antecedência. O Enem é um evento que costuma causar congestionamentos no trânsito das grandes cidades do país.

5. Alimente-se bem

Além da organização, os estudantes que pretendem obter um bom desempenho no Enem também devem levar em consideração os cuidados com a alimentação.

Antes da prova, procure tomar um café da manhã reforçado ou fazer uma refeição leve no almoço. Cuidado para não exagerar na comida, pois ingerir alimentos em grande quantidade pode causar sonolência e mal-estar durante a prova.

Ficar sem comer também não é legal, sentir fome durante o exame pode atrapalhar a sua concentração e causar tonturas e desmaios, portanto: não se esqueça de se alimentar direito. O Enem permite que os candidatos levem alguns alimentos, como frutas (banana e maçã), barras de cereal ou biscoitos são uma boa escolha.

Chocolate amargo também pode ser uma alternativa, pois ajuda a manter o foco, mas fique atento: em novembro costuma fazer muito calor em algumas regiões do Brasil, por conta disso é melhor evitar alimentos que derretam ou que estragam com facilidade, como iogurtes e outros laticínios.

Fuja também de petiscos que possuam embalagem difícil de abrir, odor muito forte ou que sujam as mãos, como os salgadinhos industrializados. Prefira também levar água ao invés de refrigerantes, pois o açúcar pode provocar agitação e prejudicar a concentração.