No dia 21 de setembro é comemorado o Dia da Árvore aqui no Brasil. A data antecede o início da primavera, estação conhecida por apresentar um clima mais ameno e pela ocorrência da floração de diversas plantas. Além de anunciar a chegada da estação das flores, o Dia da Árvore tem por objetivo conscientizar as pessoas a respeito da importância dos cuidados com o meio ambiente.

Estudantes plantando muda em atividade escolar em comemoração ao Dia da Árvore
No Brasil, o Dia da Árvore é comemorado em 21 de setembro – iStock/Divulgação/Educa SC

As árvores são muito importantes para a natureza e para os seres humanos, pois elas são fontes de oxigênio e possuem outras funções, como a de manter a umidade do ar, diminuir a poluição, impedir a erosão dos solos, além de proporcionar aos homens sombra fresca e frutos saborosos, entre outras funções.

Veja cinco dicas de atividades para trabalhar com os alunos nas escolas neste Dia da Árvore:

Identificar as árvores

Cada região brasileira possui uma árvore típica como símbolo: a região norte, a castanheira; a região nordeste, a carnaúba; a centro-oeste, o ipê-amarelo; a sudeste, o pau-brasil; e a sul, a araucária.

Você pode imprimir desenhos de árvores de cada uma dessas regiões e pedir para os alunos colorir e identifica-las. Essa atividade pode ser uma ótima estratégia para trabalhar esta data comemorativa e estimular a curiosidade e a criatividade dos alunos, principalmente da Educação Infantil.

Plantar uma muda

Com certeza não há melhor forma de ensinar os alunos sobre o Dia da Árvore do que colocá-los em contato direto com meio ambiente. Para isso, você pode tentar conseguir doações de mudas de árvores nativas da sua região em parques ecológicos da cidade, por exemplo, para plantar com os alunos.

Você pode plantar as mudas das árvores no pátio externo da própria escola. Dessa forma, os estudantes terão uma experiência de aprendizado inesquecível e a área externa da unidade de ensino ganhará uma nova paisagem.

Leia mais: Bosque de escola em Itá tem mais de 100 espécies nativas

Cultivar uma horta orgânica

Cultivar uma horta orgânica no terreno da escola com a participação dos estudantes é uma excelente forma de ensinar os alunos sobre sustentabilidade e alimentação saudável. Além disso, os alimentos produzidos na horta escolar poderão ser utilizados na merenda dos estudantes que irão ter o privilégio de provar as verduras, legumes e hortaliças fresquinhas e livre de agrotóxicos.

Compostagem

A compostagem é um processo biológico no qual a matéria orgânica é transformada em adubo. Trabalhar essa técnica nas escolas é uma maneira extraordinária de incentivar o desenvolvimento sustentável. Para isso, você pode construir uma composteira na sua unidade de ensino.

Assim, os materiais descartados pela comunidade escolar poderão ser reaproveitados e utilizados como fertilizantes na sua horta pedagógica.

Catalogação de árvores

Se a sua escola ou bairro possui uma área verde, arborizada, você pode levar os seus estudantes para observar e catalogar as espécies de árvores encontradas.

Estimule os alunos a pesquisar o nome científico dos espécimes, você pode instruí-los a fazer uma plaquinha com a nomenclatura binomial para identificar as árvores. Esse tipo de atividade, ao ar livre, é uma experiência positiva para o aprendizado dos estudantes, que assimilam melhor a teoria com a prática.