É fato que uma alimentação baseada em mais verdes e menos pacotes traz diversos benefícios para o corpo. Hoje em dia, ainda que com o avanço da medicina e da farmacologia na criação de remédios eficazes, o uso de plantas medicinais acompanha a evolução do ser humano muito antes de existirem estudos sobre o tema.

educação e saúde, cenoura
O conjunto de Educação e Sáude nas escolas influencia na percepção dos alunos para a alimentação saudável – Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

No Programa Educação e Saúde, transmitido nos canais do Educa SC, Erickson Rodrigues, diretor, e Loreni Dalago, coordenadora do horto medicinal, ambos da Escola de Educação Básica (EEB) Rosina Nardi, em Seara, no Oeste de Santa Catarina, explicaram sobre vários projetos de conscientização ambiental, como composteira, jardim de flores, casa de passarinhos e um canteiro para as plantas medicinais desenvolvidos na unidade.

Leia mais: Escola de SC ganha concurso nacional com prática de alimentação saudável

Confira a entrevista:

Educa SC: Como surgiu a estufa?

Erickson: A estufa nasceu ano passado, porque nós temos um braço técnico do Ensino Médio na casa familiar rural. Conversando com os professores, resolvemos colocar em prática esta ação pedagógica do homem do campo através da estufa. Os alunos vieram aqui, montaram a estufa e plantaram o hortifruti.

Educa SC: A estufa influencia a alimentação dos alunos?

Erickson: É uma ação pedagógica que vai ao encontro a alimentação saudável, um plantio que não tem nenhum tipo de agrotóxico, conscientizando os estudantes à práticas do meio ambiente.

Leia mais: Projeto escolas ensina alunos sobre cultivo de uva Goethe

Educa SC: De quem foi a ideia de criar o horto medicinal?

Loreni: Essa ideia surgiu de um grupo de professores, juntamente com os pais, para resgatar a cultura do município, envolver a questão ambiental e a criação de laços com as famílias.

Educa SC: Como foi a escolha das plantas?

Loreni: Nós pesquisamos e pegamos a ideia do horto medicinal chinês, com 12 canteiros, cada um representando duas horas do dia e um órgão do corpo humano. Nesse sentido, foi pesquisado cada tipo de chá. Por exemplo, a hortelã, que é calmante, foi plantada no canteiro do sistema nervoso.

Educa SC: Que tipo de envolvimento a mais a comunidade tem?

Loreni: As famílias criam laços com a escola e entre eles mesmos, trocaram informações da antiguidade da família e passaram de geração em geração esse conhecimento centenário.

Desenvolvemos também um projeto tecnológico em que as famílias podem baixar um aplicativo, tirar fotos da planta e, na hora, aparece na tela todas as suas propriedades e benefícios.

Acompanhe a programação

O programa Educação e Saúde vai ao ar todas as quintas-feiras, a partir das 11h50 da manhã, nos canais do Educa SC. Sintonize de acordo com a sua região:

– Joinville: 8.2 e 8.3

– Blumenau: 10.2 e 10.3

– Itajaí: 7.2 e 7.3

– Florianópolis: 4.2 e 4.3

– Criciúma: 25.2 e 25.3

– Chapecó: 10.2 e 10.3

– Joaçaba: 26.2 e 26.3

– Xanxerê: 3.2 e 3.3

Em televisão fechada é necessário fazer o contato com a operadora para liberação do acesso.