Para chegar até o momento de estar à frente de uma sala de aula e compartilhar todo o conhecimento sobre o componente curricular que leciona, primeiramente, é preciso entender as diferenças na formação dos professores. Da Educação Infantil até o nível universitário, existem neste espaço vários caminhos que são percorridos para cada tipo de ensino. Vamos aprender quais são?

Na imagem, uma professora escreve no quadro e alunos copiam o conteúdo
No Brasil, o Dia do Professor é comemorado em 15 de outubro – Foto: Mauricio Vieira/Secom

A exigência na formação vai depender em qual nível de ensino o profissional deseja atuar – e isso pode ir desde ter o básico, que é o Ensino Fundamental; a formação em algum tipo de licenciatura, que são as graduações; até mesmo o doutorado para nível universitário, ou seja, trabalhar com nível de Ensino Superior e pesquisas.

Leia mais: “Eu, professor, faço a diferença”: conheça a história do professor Carlos Rutz

Se você deseja seguir carreira nesta área, é importante saber as formações para se tornar um professor e aprender sobre os diversos níveis de ensino. Neste Dia do Professor, conheça as formações necessárias para lecionar em diferentes etapas da educação.

O que é preciso para ser professor na Educação Básica?

Provavelmente, o Ensino Superior em Licenciatura é a primeira habilitação do seu professor de sala de aula, já que pode atuar na Educação Infantil, no Ensino Fundamental e no Ensino Médio. Para trabalhar neste nível de ensino, os profissionais precisam ter formação licenciada em Química, Física, Letras, Matemática, Geografia, Ciências Biológicas e Pedagogia, de acordo com o Ministério da Educação (MEC).

O que é preciso para ser professor na universidade?

Já para trabalhar em faculdades, a exigência de formação para o ensino muda. Além de ser necessária a graduação no curso em que o profissional deseja lecionar, é necessário ter mais uma pós-graduação, ou seja, uma especialização que qualifique o professor para dar aulas neste nível de ensino. A formação pode ser um MBA, mestrado ou doutorado e a exigência de certificado pode mudar de acordo com a instituição em que o profissional deseja atuar.

Mestrado: esta formação é voltada para o desenvolvimento científico, aprofundar todo o estudo na graduação e ampliar o aprendizado para uma área do conhecimento. O profissional que deseja atuar como pesquisador ou professor universitário precisa ter certificado neste nível de ensino.

Doutorado: o doutorado é uma formação intensa que dura, em média, de quatro a cinco anos, e costuma ser procurado por pessoas que desejam se aprofundar nos conhecimentos acadêmicos e na área de pesquisa.

O que é preciso para ser professor de nível técnico?

Seja tecnólogo ou com formação em alguma graduação, para atuar neste nível de ensino é preciso que o profissional tenha certificação na área em que leciona.