O cartão de visita de quem está em busca do primeiro emprego começa pela apresentação do currículo. Mas a dúvida que costuma surgir na cabeça de quem está a procura da independência financeira é: o que vou escrever, se eu nunca trabalhei antes? Se você se identifica com esta questão, separamos cinco dicas importantes que vão servir de guia prático na hora de preencher cada etapa do currículo.

Jovem de cabelo curto e de máscara em uma cafeteria, com caneta nas mãos e bloco de anotação
O currículo é a apresentação do candidato para a empresa e reúne as principais informações sobre experiências e objetivos profissionais – Foto: iStock/Divulgação/Educa SC

Informações pessoais

Com informações claras, aqui você se apresenta com o seu nome completo, idade, estado civil, endereço com CEP, nome da cidade onde nasceu e formas de contato, seja telefone fixo, celular e e-mail, caso tenha. Tudo em tópico.

Objetivo

Use este espaço para se apresentar e seja claro com os seus desejos profissionais relacionados a vaga. Atenção para não se perder no seu objetivo, a ideia é que se resuma em poucas palavras a intenção com a área pretendida.

Perfil acadêmico

Neste espaço, o nível escolar precisa estar de acordo com a ordem de importância, ou seja, a sua última formação aparece em primeiro lugar. É importante descrever o nome da escola/instituição, curso, período que estudou ou previsão de término.

Histórico profissional

Como você ainda não passou por uma experiência profissional, você pode colocar neste espaço seu trabalho voluntário, caso tenha. Além disso, destacar as participações nas atividades escolares e pontuar as habilidades e competências que você tem e que são importantes para conquistar a vaga de emprego são diferenciais válidos. Coloque sempre as descrições em tópicos.

Cursos complementares

Aqui você vai descrever as formações extras que buscou para se desenvolver, como cursos de idiomas, palestras, workshops e até mesmo premiações. Coloque em tópico, na ordem de atualidade. Apresente o nome do curso, da instituição, ano do término ou previsão.

Não inclua no seu currículo:

  • Título de apresentação no documento, como “currículo”.
  • E-mail muito informal. Opte por um endereço que use seu nome e sobrenome.
  • Foto pessoal, exceto quando solicitado.
  • Número de RG, CPF e outros documentos pessoais.
  • Pretensão salarial.
  • Assinatura e data.
  • Cores em exagero no documento. Escolha destacar apenas os tópicos em negrito.
  • Fontes fora do padrão. Use as mais recomendadas: Arial, tamanho 11, ou Times New Roman, tamanho 12.
  • Certificados, caso tenha feito cursos extras.

Antes de enviar o currículo, atenção:

Revise com cuidado o seu currículo para que erros ortográficos e de digitação não passem despercebidos. Leia com calma e repasse para que outras pessoas possam fazer uma leitura e analisar se está tudo certo. Um simples erro pode demonstrar falta de cuidado e descartar a sua candidatura do processo seletivo.